Ponto Final

Durante o período de quase dois anos em que este blog esteve ativo, tenho publicado diversos ensaios e posts, tendo por meta investigar a questão da divindade de Jesus. Como esse é um problema muito debatido em círculos acadêmicos, decidi publicar aqui os resultados de minhas pesquisas no assunto, tomando preferencialmente o evangelho de Marcos […]

A origem da crença em Jesus como Deus

Early christians devotion – L. W. Hurtado, Em seu resumo EARLY DEVOTION TO JESUS: A REPORT, REFLECTIONS AND IMPLICATIONS (anexo), o renomado scholar Larry Hurtado, da Universidade de Edinburgh, faz um balanço da pesquisa que ele fez sobre o desenvolvimento da cristologia nos tempos iniciais do cristianismo. Ele mostra como a crença religiosa no caráter […]

Jesus é bom?

Baseado em um episódio do Novo Testamento, um argumento contra a deidade de Cristo que tem sido usado desde a controvérsia ariana, no século IV, é a suposta negação dessa condição, que o Mestre teria feito com base em seu caráter moral. Contudo, a mesma história bíblica restabelece a posição de Jesus no caso. A […]

Jesus como Yaweh

Mike Bird é professor de teologia no Ridley College, em Melbourne, Austrália. Eis sua posição a respeito da apresentação de Jesus no segundo evangelho, com a qual concordamos, tal como a demonstram as análises que fizemos nos ensaios deste site. Ele diz, no Portal Patheos: “Ok, a seguir um resumo da cristologia de Marcos: O […]

Uma mudança de abordagem

Até aqui nós temos trabalhado a questão da divindade de Jesus Cristo nos evangelhos, particularmente no de Marcos, concentrando-nos naquilo que o livro deseja passar eventualmente ao leitor em termos de cristologia (a doutrina sobre Cristo, tal como defendida pela igreja antiga). Dessa forma, tantos nas postagens como em todos os ensaios, nós fazíamos um […]

Indicadores de Divindade em Marcos

É de conhecimento geral a crítica – bastante justa, por sinal – de que João editorializou por demais o seu evangelho, para apresentar a Jesus como o filho de Deus no sentido próprio, ontológico, isto é, o filho natural de Javé. No entanto, se conseguirmos desvincular do evangelho de Marcos essa crítica à obra joanina […]